Registar | Iniciar sessão
Treino para gatos 0 comentarios

Conselhos para conseguir que o nosso gato nos obedeça

Conselhos para conseguir que o nosso gato nos obedeçaSe bem sabemos popularmente que os gatos são animais muito independentes e que o seu comportamento é indomável, é um erro pensar que não podem aprender a obedecer e que por isso podem fazer o que querem.

Os gatos podem ser mais ou menos obedientes dependendo da educação que lhes damos. Para saber como educá-los bem, elaboramos uma serie de conselhos para conseguir que o gato obedeça.

A primeira coisa que devemos saber é que moldar a conduta dos gatos pode ser uma tarefa difícil, mas não impossível. Também devemos ter muito claro que os castigos físicos não são aceites como formas de reprender maus comportamentos, já que o que farão é criar ressentimentos ou raiva no gato.

Dentro dos comportamentos erróneos que mais encontraremos e nos que mais devemos enfatizar desde pequenos é a higiene e o depósito dos seus dejetos. Da mesma forma devemos trabalhar no comportamento da marcação do território, as arranhadelas ou a necessidade de afiar as unhas.

Para tratar estes aspetos devemos dispor de lugares específicos para que faça as suas necessidades. Lembra-te que os gatos gostam dos seus sítios e da sua areia limpos, pelo que devemos ser muito cuidadosos nesse aspeto, para não “obrigar” o gato a realizar ações indevidas.

O mesmo ocorre com o afiar de unhas. Para isto deve-se dispor de um objeto comprido e firme. Se for um tronco de madeira, tanto melhor, já que gostam muito dessa superfície. Com ele, certamente não fará danos nos nossos móveis.

No caso da marcação de território, o melhor é esterilizar tanto o gato como o lar. Realizar uma limpeza da casa, cuidando de que os elementos com que limpamos não sejam consumidos pelo gato é uma das melhores formas.

Quando um gato marca território num objeto em particular, o melhor é retirá-lo, já que apesar de os lavarmos, os comportamentos continuaram a repetir-se.

Sanções na educação

Como dizíamos ao início, os maus tratos, tanto físicos como psicológicos não são permitidos na altura de castigar o animal por um mau comportamento.

Também é importante ter presente que os castigos ou sanções funcionam se se realizarem no instante que se de fez o dano. Nunca devemos castigar o gato deixando passar tempo, já que o animal não entenderá a sua reação.

Para sancionar comportamentos deve-se conseguir associar este com uma reação ou circunstância desagradável.

Sabemos por exemplo que os gatos não são amantes da água, assim pois aconselha-se a ter um spray para borrifar o nosso gato quando realizar ações inadequadas como pedir comida, quando estamos a comer, etc.

A técnica anterior deve realizar-se sem que o gato se dê conta que é a pessoa que executa a borrifadela.

Da mesma forma, também há elementos para ajudar a ter bons comportamentos. Se fores dos que odeia que o gato suba a mesa da cozinha ou da sala de jantar, varias lojas vendem papel especial para por sobre estas superfícies e que ao contacto se pegue às patas do animal, proporcionando-lhe uma situação desagradável que não quererá repetir.

Categorias: Treino,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Comentários
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos gatos.
Segue-nos no
GatosMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no GatosMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.