Registar | Iniciar sessão
Saúde 1 comentarios

Factores mais frequentes que stressam os gatos

Factores mais frequentes que stressam os gatosO stress nos gatos geralmente está relacionado com alterações bruscas que requerem adaptação por parte do animal, assim como doenças, obesidade e parasitas.

De tal forma que, o tratamento desde transtorno, que se manifesta, geralmente, na conduta do felino deve indicar-se logo depois de analisar-se o comportamento do animal de estimação, assim como o ambiente em que se encontra exposto.

Na determinação da origem do stress existem dois factores fundamentais: o dono do gato e o veterinário, este último com participação de destaque devido à sua condição de especialista.

De tal forma que é possível que um gato se stresse através de intervenções cirúrgicas, viagens prolongadas, a chegada de um novo animal de estimação a casa ou o nascimento de um bebé, entre outras.

SINTOMAS DO STRESS FELINO

Como advertir que um gato padece de stress? Os sintomas são variados, é importante ter em conta que a reacção perante o stress varia dependendo da natureza do animal e das experiências que viveu.

E é que a conduta, o resultado de um estímulo que causa stress, e o qual o gato deve adaptar-se. Os estímulos podem ser externos ou internos, e em ambos os casos, a resposta produzida (conduta) pode ser inata ou aprendida.

Factores más frecuentes que estresan a los gatosOs sintomas mais evidentes de que um gato padece stress são: agitação, dilatação pupilar, posição enroscada, higiene excessiva (dermatite psicogénica), agressividade, marcação de território dentro de casa e deposições urinárias ou fecais fora da caixa. Raças como o Siamês e o Birmano manifestam stress, para além de que morder de forma obsessiva lã ou outro tipo de tecidos.

Da mesma forma, um gato stressado apresenta mudanças nos seus hábitos de asseio. De tal froma que o gato pode banhar-se até perder o pêlo do seu corpo. O gato também geralmente mia excessivamente e caminha de um lado para o outro a miar.

Um felino stressado actua distante, dorme e brinca menos. Da mesma forma, muda os seus hábitos alimentares e, em alguns casos, come objectos como toalhas. Arranha as portas e janelas.

CAUSAS DO STRESS

O aborrecimento pode transformar os gatos em agressivos e destrutivos. Isto geralmente se sucede quando o felino permanece muito tempo sozinho, após habituar-se a uma relação muito próxima com o seu dono.

Por sua vez, um gato marca dentro de casa quando a sua rotina diária muda repentinamente, ou outro animal chegou a casa. Esta situação também se repete quando por uma limpeza profunda ou mudança de móveis o seu odor perdeu-se.

Muitas vezes a forma de marcar território é urinando em forma de spray as superfícies verticais. Segundo especialistas, ao desaparecer as marcas o gato as volta a fazer. Perante um comportamento deste tipo castigar o gato pode ser uma decisão errada; oferecer-lhe mais caixas de areia e colocar a comida no sítio onde marca demonstrará melhores resultados.

Os gatos também necessitam de espaço para repousar durante determinados momentos do dia. Encontrar e assegurar-lhe um lugar calmo para isto pode facilitar o seu processo de relaxamento e adaptação, no caso que se mudou de casa. Geralmente, os felinos domésticos escolher lugares altos e fechados.

Categorias: Saúde, Comportamento,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Comentários
Eliminar este comentário
BOA NOITE.Meu gatinho tem 4 meses, ainda não o vacinei... ultimamente ele esta muito rouco e tristonho... pode ser um tipo de stress? o que será que ele tem? preciso de ajuda;;

Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos gatos.
Segue-nos no
GatosMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no GatosMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.