Registar | Iniciar sessão
História dos gatos 1 comentarios

Os gatos na Grecia e na Antiga Roma

Os gatos na Grecia e na Antiga RomaEmbora a exportação dos gatos estivesse proibida no Egipto, parece que alguns comerciantes fenícios e macedónios conseguiram importar alguns exemplares de contrabando na Grécia. Embora não seja isso que diz a lenda.

A lenda diz que após as repetidas negações dos egípcios às petições dos gregos para exportar gatos para a Grécia, estes roubaram 6 pares de gatos e levaram-nos. Alguns meses depois, as primeiras ninhadas nasceram em terras helenas. Anos depois destas primeiras ninhadas, os comerciantes gregos exportaram gatos aos romanos, aos gauleses, e aos celtas, até que a espécie se expandiu por todos os países mediterrâneos.

Na Grécia, antes da chegada do gato eram as martas, doninhas e furões que se encarregavam de velar pela saúde das terras de ratos e ratazanas. Por isso, os primeiros gatos foram adotados mais como animais de companhia, embora pouco depois passariam eles a cuidar das terras, já que eram bons caçadores e eram muito mais doceis, amigáveis limpos e cheiravam melhor que os furões ou as doninhas.

Embora continuassem a utilizá-lo como animal de companhia, esta posição estava bem ocupada pelos cães ou grilos, que eram as mascotes preferidas dos antigos gregos.

Como evidência doa passagem dos gatos pela antiga civilização grega, temos citações nas escrituras de Herodoto, Aristófanes ou Calímaco, decorações pictóricas em jarrões ou um baixo-relevo da Batalha de Maratón (seculo V antes de cristo) em que está representado um gato a enfrentar um cão.

Para os romanos, os gatos foram caçadores e animais de companhia. Embora ao início apenas as famílias ricas pudessem ter um, este animal era tão prolífico que, pouco a pouco, todos os romanos que quisessem, podiam ter um.

Este pequeno felino foi muito bem acolhido entre os soldados romanos, chegando a levá-los em muitas campanhas. Durante estas campanhas muitos gatos foram “ficando” pelo caminho, o que ajudou na propagação deste animal por toda a Roma Antiga.

A chegada do gato às ilhas britânicas deve-se aos comerciantes fenícios que os introduziram na ilha.

Categorias: História,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Comentários
Eliminar este comentário
Por favor, pode me dizer de que pintura se trata. Quem é o autor e ano? Não consegui achar. (wagnerbarbosa.sf@gmail.com)
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos gatos.
Segue-nos no
GatosMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no GatosMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.