Registar | Iniciar sessão
Gatos e gatinhos 0 comentarios

Regras infantis para conviver com gatos

Regras infantis para conviver com gatosCrescer juntamente com um gato (e juntamente com um animal de estimação em geral) não é apenas divertido para uma criança, como também é formativo e enriquecedor. Relacionando-se com os animais os mais pequenos aprendem a cuidar de um ser vivo que depende deles, ao mesmo tempo que desenvolvem empatia e sociabilidade, valores que lhe acompanharão durante toda a sua vida.

Mais além das múltiplas vantagens para uma criança na sua convivência com um gato, nas seguintes linhas veremos uma pequena lista com umas simples dicas que uma criança deve ter claro para que a sua relação com o seu amigo o gato seja a melhor possível.

Claro que a compreensão das “regras” depende da idade da criança. Nós igualmente como pais somos responsáveis por supervisionar a relação dos animais com as crinaças para evitar qualquer acidente.

Não incomodá-lo quando está a dormir. O gato deve disfrutar de um descanso tranquilo. Se está a dormir não devemos incomodá-lo, brincar com ele ou abraçá-lo. De resto muitos gatos podem mostrar mau humor ao serem despertados e inclusive podem chegar a defender-se pensando que estão a ser atacados. Devemos ensinar o pequeno a que despertar um animal adormecido é uma falta de respeito, para além de uma acção perigosa.

Deixá-lo comer em paz. O momento da alimentação é algo muito intima para os animais. Muitos gatos mostram-se possessivos com a comida e podem chegar a mostrar-se agressivos “defendendo” o seu alimento. Outros podem comer rapidamente pensando em que podem tirar-lhes a sua comida, o que pode provocar problemas digestivos. Por tudo isso é importante deixar aos gatos um espaço para que possam comer e ensinar os pequenos que esse espaço não deve ser perturbado quando estão a alimentar-se.

Respeitar a sua tranquilidade. Muitas vezes terás reparado que o teu animal de estimação se retira de junto dos membros da família para procurar um momento de paz. Essa procura de calma é importante para eles e deve ser respeitada. Ensinamos o pequeno que deve deixar o gato em paz se ele decide não brincar mais e procura o seu canto preferido.

Acariciá-lo suavemente. Os gatos adoram os mimos e a atenção, mas não gostam muito dos movimentos bruscos ou das carícias energéticas. As crianças nem sempre são delicadas ao usar objectos e é importante ensinar-lhes a acariciar o animal com cuidado. Este gesto pode ajudar-lhes também na vida, porque aprenderão a tratar com delicadeza os objectos frágeis.

Não interactuar com todos os animais da mesma forma. Devemos ensinar os nossos filhos a não interactuar com outros gatos como o fazem com o nosso. É normal para eles pensar que o que o seu animal de estimação gosta também acontece com os outros, mas nem sempre é assim. Igualmente nem todos os gatos mostram o mesmo nível de sociabilidade. O ideal é ensinar os pequenos a interactuar com calma com animais que não conheçam e que aprendam a distinguir os sinais que os animais transmitem.

Entender a linguagem gatina. A linguagem dos animais os pequenos conhecerão conforme mais lidem com eles, mas é bom que nós os introduzamos na matéria. Conhecendo os sinais que os gato lhes “lança” aprenderão quando podem brincar ou não com eles, se o gato quer mimos ou procura a paz, etc. Tudo isto fará com que a interacção criança – gato seja com mais respeito e muito mais agradável.

Categorias: Gatos,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Comentários
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos gatos.
Segue-nos no
GatosMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no GatosMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.