Registar | Iniciar sessão
Gatos e gatinhos 1 comentarios

Como fazer adelgaçar um gato

Como fazer adelgaçar um gatoUm dos problemas mais frequentes com os gatos domésticos é a obesidade felina. Muitas das nossas mascotes estão acima do seu peso ideal e isto pode tornar-se mais problemático do que parece, podendo chegar a causar problemas médicos relevantes.

Para saber como fazer adelgaçar a nossa mascote, a primeira coisa que queremos que saibas é o que é a obesidade felina. Já falamos deste tema neste outro artigo da página web, mas faremos um breve resumo.

Fala-se de obesidade felina quando o nosso gato apresenta um peso que ultrapassa os limites de peso permitidos para esse tipo de raça e para a idade da nossa mascote.

Para evitar que o nosso gato ultrapasse o limite marcado pelos conselhos médicos, o ideal é conhecer as causas que provocam esta obesidade para eliminá-las do dia-a-dia do animal.

A obesidade nos gatos pode apresentar-se por 2 fatores principais. O primeiro deles é o estilo de vida do gato, sedentário e quase sem atividade física no seu dia-a-dia.

O segundo deles é um excesso de alimentação ou um alimento inapropriado para o animal, alimento com um alto teor de energia que acaba por gerar esse temido excesso de peso que tentamos evitar já que o gato é incapaz de a queimar com a sua forma de vida.

Que problemas pode gerar a obesidade nos gatos?

Para que possamos entender melhor o problema da obesidade felina e para que vejamos que isto vai mais além do que um problema de “aparência”, é necessário conhecer alguns dos problemas de saúde que podem afetar as nossas mascotes devido ao excesso de peso.

As doenças mais comuns que se apresentam devido à obesidade são diabetes, danos cardiovasculares, infeções, danos na pele, dificuldade para respirar e problemas de visão.

O que podemos fazer para ajudar a adelgaçar o nosso gato?

A primeira coisa que temos que fazer é encontrar o fator que está a provocar a obesidade e trata-lo. Apesar de podermos estar a alimentar bem o nosso animal de estimação, se este levar uma vida demasiado sedentária, acaba por não consumir a energia que deveria.

Se o problema é um excesso de alimentação, evidentemente teremos que nos reduzir às necessidades nutricionais da nossa mascote e dar-lhe exatamente a quantidade necessária.

Se o problema é que a alimentação não é a correta, o que teremos que fazer é mudá-la e dá-la adaptada à sua idade ou à sua raça. Todos esses aspetos podem ser tratados com o veterinário e este irá aconselhar-nos a respeito. Além disso irá ajudar-nos a estabelecer um plano dietético e de atividade física.

Categorias: Gatos, Saúde, Alimentação,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Comentários
Eliminar este comentário
Olá, boa tarde. Meu nome é Alessandro e também gosto muito de gatos. Temos uma fêmea Siamês. Vi aqui no fórum vários tópicos relacionados a alimentação de gatos. Já faz algum tempo que paramos de dar alimentos industrializados para a nossa gatinha. Eu tenho um amigo que perdeu 2 gatos em um intervalo de tempo muito curto. Cerca de 60 dias. Após esta terrível perca ele descobriu que as rações industrializadas fizeram muito mal para o gato dele e acelerou o processo de morte dos seus bichanos. Após esta terrível perca ele descobriu que a ração industrializada faz muito mal para os gatos. Apos muita pesquisa ele desenvolveu uma dieta para que nossos gatos tenha uma vida mais saudável.

Se você ama seu gato e pretende dar a ele qualidade de vida então acesse este site euamogato.esy.es e assista ao vídeo que ele fez contanto a história dele.
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos gatos.
Segue-nos no
GatosMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no GatosMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.