Registar | Iniciar sessão
Gatinhos 1 comentarios

A socialização dos gatinhos

A socialização dos gatinhosA separação do teu gatinho da sua mãe, assim como a chegada a tua casa, ou melhor, à sua nova casa, são momentos chave na vida deste pequeno felino. A forma em que manejes e supervisiones estas acções influenciará, de forma positiva ou negativa, na posterior conduta do teu animal de estimação.

A socialização de um gato se inicia a partir do seu nascimento. Nessa primeira etapa, o rapaz assumirá condutas, conhecimentos e atitudes inatas, através da imitação da sua mae. Dela aprenderá como comer, lamber-se e algo muito importante, a não temer as pessoas. Claro, este último sucederá se trata-se de uma gata doméstica que vive em harmonia com os seus donos.

Deves saber que são durante os primeiros meses de vida do gato que  definem o seu carácter, comportamento e forma de relacionar-se com outros animais. Como o seu dono, recai em ti a responsabilidade de que estes aspectos se desenvolvam de forma favorável.

UMA NOVA CASA

Ter um gato de estimação não só implica conhecer as normas higiénicas e os ciclos de vacinação que requer. É importante que em tua casa tenhas as condições necessárias para garantir-lhe um ambiente adequado.

O medo do teu gato, antes de uma nova casa, podes acalmá-lo mostrando-lhe um espaço agradável. De tal forma que deves permitir que explore a sua nova casa e ter para ele um lugar quente, cómodo e desde o qual possa controlar, visualmente o território.

Se na casa vive outro animal, procura que se conheçam de forma pausada. Para além da aproximação debaixo da tua supervisão, localiza o animal de estimação recém-chegada num quarto para que ambos se familiarizem com os odores.

Não deves esquecer de proporcionar ao gato bebedouros e comedouros próprios, assim como mostrar-lhe afecto ao teu antigo animal. Os teus animais de estimação não devem sentir nunca a necessidade de competir pelo amor do seu dono e a ingestão de alimentos.

A socialização dos gatinhosPARA SOCIALIZAR MELHOR

Durante os primeiros seis meses de vida o gato é muito receptivo. Por tal motivo, é nesta etapa a que deves ensinar-lhe condutas como não subir à mesa e usar a caixa de areia.

Entre a segunda e sétima semana de vida é importante estimular o gato para despertar a sua inteligência. Para conseguir isto deves proporcionar brinquedos como bolas, caixas de cartão, pedaços de madeira para escalar e objectos grandes para esconder-se dentro deles. O teu animal de estimação preferirá os que possa mover para correr atrás deles.

Para facilitar a adaptação do teu gato ao seu ambiente utiliza a variação de sons. Através da televisão ou reprodutores de música podes proporcionar-lhe gritos de crianças, ritmos, latidos, ruídos de carros, etc.

Na socialização do teu gato, influi, para além dos brinquedos, a relação com outras espécies como os cães. Para que o teu gato (uma vez adulto) seja agradável com os teus amigos deves assegurar-te que desde pequeno seja tocado e acariciado por ti e outras pessoas.

É provável que, quando o gato chegue a tua casa tenha entre oito e doze semanas de vida. Para acalmá-lo e brindar-lhe confiança deves, para além disso, acaricia-lo com suavidade e falhar-lhe em um tom suave. Não te esqueças de mostrar-lhe onde estão a sua comida e caixa.

Por sua vez, a socialização do gato com as crianças devem ser realizadas também desde dos primeiros meses. Lembra-te que as crias possuem comportamentos diferentes aos adultos e os seus jogos e gritos podem assustar o teu animal de estimação. O processo de aceitação entre a cria e as crianças o realizarás de forma pausada e sob supervisão.

ANIMAL SOCIÁVEL

O gato é um animal sociável, ainda que os seus padrões de conduta não foram estudados tanto como os do cão. Existem muitas colónias de gatas, que geralmente estão relacionadas entre si. Ainda que os machos geralmente deixam o grupo, regressam a este para aparecer.

Podem-se encontrar colónias de gatos selvagens em lugares onde a comida seja abundante e se comparta. Nos gatos do mesmo grupo lambem-se entre si e marcam-se roçando-se uns com os outros.

A socialização dos gatinhosNão obstante, tens a possibilidade de aumentar as suas probabilidades de ter um gato sociável. Para isso, antes de escolher o seu animal de estimação identifica a fam+ilia da qual provém, assim como nesse lugar expôs-se o contacto com pessoas e outros animais.

Da mesma forma, os gatinhos obtidos num criador ou numa casa onde tenham sido brindados com afecto e carinhos desde do seu nascimento, tendem a ser mais sociáveis.

EXPERIÊNCIAS ANTERIORES DO GATINHO

A partir da personalidade e experiências recentes do gatinho, este disfrutará, aceitará ou rejeitará certos tipos de contactos, desde caricias até ao banho. Para conseguir comportamentos positivos é importante que o pequeno felino tenha referências agradáveis invés de recordações relacionadas com castigos físicos.

Para educar o teu gato, inicia as sessões com pequenas recompensas. Quando o gato relacione a comida com a aprendizagem poderás aumentar a intensidade e duração dos encontros. Através desta estratégia podes ajudá-lo a acostumar-se a actividades como a escovagem dos dentes e o corte das unhas.

Deves lembrar-te para além disso que a disciplina física pode contribuir para que o gato se assuste quando o quiserem pegar.

Um bom processo de socialização, desde que o gato é pequeno, contribui a que uma vez adulto, o gato apresente boas relações com os humanos e seja, portanto, uma excelente companhia.

Categorias: Comportamento, Gatinhos,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Comentários
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos gatos.
Segue-nos no
GatosMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no GatosMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.