Registar | Iniciar sessão
Doenças dos gatos 1 comentarios

Doenças dentárias mais comuns nos gatos

Doenças dentárias mais comuns nos gatosO tártaro

A saliva do gato contém sais minerais e o tártaro produz-se por uma acumulação destes sais minerais na placa dentária. Estes se aderem a ela provocando isto. Ao acumular-se, o tártaro inflama a gengiva e os tecidos que unem esta parte com o alvéolo dentário. É frequente que o dente afetado pelo tártaro acabe por cair.

A reabsorção dental

Doença que 60% dos gatos sofrem aproximadamente. As possibilidades de que o gato tenha aumentam com a idade. A reabsorção dental consiste no aparecimento de uma inflamação dos tecidos adjacentes ao dente. Estes incham até pouco a pouco ficarem frágeis até rasgarem-se. A raiz morre, e pode dar lugar a transtornos graves.

Os sintomas que o teu gato pode apresentar é um babar constante. Também se podem negar a comer ou até se mostram esfomeados diante do prato mas não chegam a comer. Desconhece-se a causa que origina esta doença.

A gengivite

É uma inflamação das gengivas. O primeiro sintoma que podemos observar é o aparecimento de uma zona avermelhada à volta do dente. As causas desta doença são várias: raízes de dentes que ficaram alojadas dentro da gengiva, depósitos de tártaro, uma alimentação inadequada, infeções, transtornos do metabolismo, etc.

A gengivite favorece o sangramento e dor das gengivas. Pode provocar inclusive a perda de dentes. A doença deve ser tratada imediatamente, pois de não ser tratada pode derivar numa infeção geral, numa miocardite bacteriana (infeção do tecido muscular cardíaco) ou más digestões.

Tratamento e prevenção das doenças dentárias

O tratamento baseia-se na eliminação da placa dentária, numa limpeza do periodonto e em tratamentos antibióticos que controlem a infeção bacteriana e diminuem a gengivite. Este tratamento consiste em fazer no gato uma limpeza bocal, que o veterinário efetuará mediante uma suave anestesia.

Muita gente utiliza tratamentos caseiras, ainda que geralmente não dão resultado e podem até serem perigosos. Assim que nestes casos não te deixes aconselhar por amigos e familiares e consulta o teu veterinário. Se a doença se encontra numa fase inicial, bastará com a administração de antibióticos. Não hesites em consultá-los pois nos casos mais graves, pode ser necessária a extração de alguns dentes.

A prevenção é essencial e consiste no seguinte:

-A escovagem de dentes deve ser feita com uma pasta adequada e, inicialmente, de forma semanal.

-Evita dietas moles (latas) e especialmente as comidas caseiras, restos da nossa comida e guloseimas com altas concentrações de açúcar.

-Alimenta o gato com alimentos secos, que incorporem pirofosfatos na sua fórmula.

-Consulta o veterinário para que faça revisões dentárias ao teu gato.

Categorias: Doenças,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Comentários
Eliminar este comentário
Bom dia a todos!
Tenho um gato (Nemo) com 11 anos. Ele tem apresentado gengivite e estomatite há algum tempo. Foi-me sugerido por sua veterinária realizar o procedimento de extração dos dentes. Segundo ela, o animal consegue se alimentar normalmente e levar uma vida normal.
Gostaria de saber se algum dos frequentadores da página conhece algum animal que tenha passado por tal procedimento, se ele vive bem, etc.
Muito obrigado!
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos gatos.
Segue-nos no
GatosMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no GatosMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.