Registar | Iniciar sessão
Doenças dos gatos 3 comentarios

A alopecia felina

A alopecia felinaA alopecia felina é o termo médico para a perda excessiva de pêlo, algo que pode ser bastante comum num determinado número de animais, incluindo os gatos. Perder umas mechas de pêlo não é uma doença grave, mas a perda excessiva pode indica uma serie de problemas de saúde no gato.

A perda de pêlo pode causar regiões de calvície na superfície do corpo, enquanto a pele pode permanecer sem mudanças ou apresentar uma cor avermelhada e com pequenas borbulhas, dependendo da causa subjacente à alopecia. Esta para além disso também pode afetar o crescimento normal do pêlo por todo o corpo do animal.

Na continuação vamos ver as possíveis causas que a alopecia felina pode provocar, e já te adianto que podem ser causas muito variadas. Em certas ocasiões esta alopecia pode ser causada por transtornos do sistema endócrino do animal, enquanto em outras pode ser o resultado de uma infeção de pulgas ou ácaros. Vamos conhecê-las:

Pulgas. Os gatos são alérgicos às suas dentadas. Estas produzem reações severas como vermelhões. As reações às dentadas fazem com que o gato se arranhe e arranque os pêlos das zonas infetadas.

Para além da perda de pêlo, as mordidelas de pulgas podem causar infeções e podem desenvolver-se crostas e escamas na pele. Isto causa perda de pêlo, sobretudo nas costas e na cauda.

Os ácaros. Tal como ocorre com as pulgas, as infeções por ácaros também podem causar a perdida de pelo. Os ácaros podem causar sarna, o que se carateriza pela descamação, alopecia e apodrecimento. Isto faz com que o animal se arranhe nas zonas afetadas, podendo piorar o estado e causando assim uma perda significativa do pelo.

A tinha é um fungo que pode afetar tanto os gatos como os cães. Geralmente causa a perda de pelo nos ouvidos, cabeça e cara dos gatos, ainda que também pode afetar as pernas. Para além da perda de cabelo, também podemos aprender a apreciar a pele das zonas afetadas muito seca e escamosa, ou com crosta.

Alergias alimentares e alergias ambientais. Estas podem acarrear uma perda excessiva de cabelo nos gatos. As alergias por alimentos normalmente se devem à ingestão de proteínas específicas e podem causar o aparecimento de pequenos caroços vermelhos e vermelhões na pele numa área pequena, ainda que com o tempo pode estender-se a uma grande parte do corpo.

Da mesma forma, a inalação de alérgenos no meio ambiente (o pólen, os ácaros do pó, etc.) pode causar também a perda de pelo. A dermatite por contato é outro tipo de alergia que se produz quando a pele entra em contato com substâncias específicas. Estas substâncias poem ser a lã, certos plásticos, produtos químicos, corantes, etc.

Alopecia endócrina. O crescimento de pelo está regulado pelo sistema endócrino dos animais e portanto, qualquer tipo de transtorno no sistema pode causar alopecia. A produção excessiva de hormonas e as suas deficiências pode afetar o crescimento normal do pelo. A perda de pelo devido a desequilíbrios hormonais afeta todo o corpo de forma uniforme.

Alopecia psicogenia. Os gatos são animais muito sensíveis, e uma serie de fatores psicológicos como o stress, o aborrecimento e as mudanças ambientais podem causar estas perdas de pelo.

Problemas de tiroide. Para além das causas mencionadas anteriormente, a perda de pelo nos gatos pode ser um sintoma de um problema subjacente com a glândula da tiroide. Com a queda do pelo, o hipotiroidismo e o hipertiroidismo podem causar manchas de escamação e queimaduras nos felinos.

A doença de Cushing. Este é um transtorno glandular que se carateriza pela produção de hormonas esteroides pelas glândulas suprarrenais. Um dos sintomas comuns da doença de Cushing nos gatos é a perda de pelo num padrão simétrico.

Diagnóstico e tratamento da alopecia felina

Como vimos são diversas as possíveis causas da alopecia, pelo que para iniciar um tratamento o veterinário irá necessitar de uma serie de exames físicos e provas que revelam a causa desta perda de pelo.

Alguns dos exames comuns incluem amostras de pelo, recolha de fungos, análises de sangue, etc.

O tratamento da alopecia estará determinado pelas causas subjacentes da doença. Portanto, cada causa específica poderá ter um tipo de tratamento diferente. Pelo que podemos intuir que a primeira coisa que teremos e fazer é falar com um veterinário para que este determine a causa da perda de pelo e atuar em conformidade.

A partir daqui aconselho-vos que privem de fazer caso de conselhos pessoais, pois cada gato é um mundo e os problemas de um não têm de ser os mesmos de outro. E como vimos, a pera de pelo pode arrastar problemas mais graves consigo.

Categorias: Doenças,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Comentários
Eliminar este comentário
A minha gata persa tem 15 anos.... A 7 anos ( desde de pequenina ) tem um problema de pele raro chamado Pseudomicetoma.
Já foi operada varias vezes para tirar os fungos mas volta sempre.O maior problema é que ate aqui eram so superficiais mas ontem fui ao veterinário com ela tirar 3 fungos e já estão a entrar no músculo . O medico mandou voltar a tomar o sporanox mas ela ja tomou tanto frascos que ja nao faz efeito.
Queria saber se já alguém passou pela mesma situação que eu ?
Se existe algum remédio ou tratamento que possa acalmar os fungos ou até acabar com eles....
Agradeço desde já a quem me ajudar.......
Eliminar este comentário
Minha Gatinha é bem novinha (deve ter 1 ano), não sei ao certo porque adotei ela da rua, ela já tomou 3 banhos, 1 em casa, 2 no pet, mas ainda esta pulguentinha. Ela esta com uma alopecia EXATAMENTE como na foto deste artigo (como o pelo é da mesma cor, parece as fotos que tirei dela), vou leva-la ao pet, mas gosto de fazer minhas pesquisas e ir informada (tanto quando levo minha gatinha no pet, quanto quando eu vou ao médico), alguém poderia me informar qual é a PROVÁVEL causa para essa perda de pelos (igual a da foto)?
Eliminar este comentário
Boa tarde. Meu gatinho siamês, está com essa ferida no corpo (foto) que apareceu a cerca de 1 semana em volta dela perdeu pelos. Não tem acesso a rua, não possui nenhuma pulga e não tenho nenhum outro animal em casa. Porém, há 1 mês atrás foi castrado e passou por um período de estresse. Desconfio que seja fungo. Ele coça muito e a ferida fica sangrando. Estou passando furanil para tentar cicatrizar. Alguém poderia me auxiliar, isto é fungo?
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos gatos.
Segue-nos no
GatosMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no GatosMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.