Registar | Iniciar sessão
Comportamento dos gatos 0 comentarios

Preparar o gato para a chegada de um bebé

Preparar o gato para a chegada de um bebéA chegada de um bebé é um momento muito feliz que não queremos que se veja manchado nem por um segundo por problemas de adaptação com a nossa mascote e o novo e adorável membro da família. Já temos emoções suficientes como ter que estar ciente dos problemas com o animal, não é verdade?

É certo que tal como a nossa vida vai dar uma volta de 180 graus, a do gato da casa também a vai dar porque este, que é um animal de costumes, de repente vai ver como um novo membro da família chega a casa, uma pessoa pequenina que também é delicada e que lhe rouba tempo e mimos dos seus donos.

O melhor que podemos fazer é adaptar a nossa mascote às novas mudanças previamente à chegada do bebé, para que quando se produzir o momento, esteja acostumado à parte das mudanças que com ele vão chegar a casa. Os conselhos que veremos a seguir irão ajudar-te com o processo.

A primeira coisa que temos que fazer é solucionar possíveis problemas de comportamento se é que existe algum. Se tiveres problemas de arranhadelas, mordeduras, saltos dos móveis, etc., o momento para os resolver é meses antes da chegada do pequeno. Este tipo de comportamentos com o bebé em casa podem provocar-te dores de cabeça.

Se não consegues soluciona-los seguindo os conselhos que leste em livros ou fóruns, não hesites em solicitar ajuda a um especialista. Tratar este tipo de conflitos é necessário para que a convivência seja pacífica, porque com as novas mudanças que chegarão a casa, a situação pode intensificar-se.

Também podemos fazer com que o animal se acostume aos odores e ruídos do bebé. Como consegui-lo? Se tiveres amigos que acabam de ser pais é uma boa altura para lhes pedires um favor para que venham à tua casa para que o gato veja a atividade de um bebé, os seus movimentos e para que se acostume ao odor dos produtos infantis.

Para os ruídos do bebé, podes gravar sons deste ou comprar algum CD que na internet encontrarás. Faz com que estes ruídos soem periodicamente para que o animal os vá escutando sons típicos dos bebés e assim estes não lhe pareçam estranhos.

Os sons têm que ser introduzidos gradualmente, claro está. Começa por sons suaves a um volume baixo e pouco a pouco, vais aumentando a frequência, a intensidade e o volume.

Antes falávamos dos odores típicos dos bebés. Também podes optar por começar a usar produtos de bebé para que estes se vão impregnando na tua roupa e no teu corpo e para que o animal, ao receber as tuas carícias, se habitue a eles. Assim, pouco a pouco o gato irá sentir-se comodo com os seus novos odores.

E por ultimo é importante que o gato se habitue ao quarto do bebé e que possa investiga-lo com atenção muito antes da chegada do pequeno. Por isso é importante que o tenhas preparado um ou dois meses antes da sua chegada. Desta forma o gato sentirá que este quarto é parte da casa e a novidade do pequeno não será tão grande.

Da mesma forma, se decidiste que o animal não poderá entrar no quarto do pequeno, é uma boa altura para se habituar a essa proibição.

Este momento de investigação é ideal para acostumar o animal a não saltar para cima do trocador nem a deitar-se no berço. Uma boa forma de o conseguir é cobrindo inicialmente estes elementos com um material desagradável para a nossa mascote. Desta forma não terá vontade de voltar a eles no futuro.

Categorias: Comportamento,
Compartilha-o:
Comentários
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos gatos.
Segue-nos no
GatosMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no GatosMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.