Registar | Iniciar sessão
Adoção de gatos 0 comentarios

Preparativos para a adoção de um gato

Preparativos previos para a adoção de um gatinhoOs preparativos prévios são importantes para uma boa adaptação do gato ao novo ambiente. Alguns dias antes da sua chegada, leva um pano impregnado com o odor da nova casa ao lugar onde o gato está. O gato vai habituar-se a esse odor e, uma vez que chegue a casa, podes por esse pano no seu cesto, o que fará com que o gato sinta mais gosto.

Nos primeiros dias, é importante para uma fácil adaptação, que o gato passe muito tempo acompanhado, por isso tenta levá-lo para casa no início do fim de semana ou no início de um período em que possas passas muito tempo com ele. Isso facilitará a sua adaptação ao novo lar.

Se vais adotar um gato adulto que possa sair de casa, prepara-lhe uma coleira elástica e refletora com uma chapa de identificação com os teus dados gravados. Esta coleira não o deve apertar. Espera uma ou duas semanas antes de deixares sair o gato e, depois de esse tempo ter passado, não o forces a sair. Ele sairá por ele mesmo quando se sentir seguro.

Pede à pessoa que te entregou o gato que te proporcione o cesto em que o gato se encontrava e a comida a que ele está habituado para que a transição seja mais leve. Prepara todo o material que o gato possa precisar e revê bem para que não haja em casa nenhum objeto perigoso para o gato.

Instalação do gato

A cama do gato deve encontrar-se num lugar calmo, pouco frequentado, e longe do lugar onde o gato dorme. Uma vez que o gato tenha chegado a casa, tenta evitar ruídos fortes e deixa-o tranquilo, livre pela casa, embora só tenhas vontade de lhe dar mimos e de acaricia-lo. O gato deve habituar-se por si mesmo ao novo lugar em que se encontra.

Mostra-lhe o seu cesto o lugar onde tem a água, etc. Nos primeiros dias limita-lhe o espaço a uma ou duas divisões e pouco a pouco vais estendendo-o para que não se sinta perdido ao início com tanto espaço.

O gato e as crianças

Os teus filhos devem ter em atenção que o gato não é um brinquedo e que este precisa de tempo e de tranquilidade para ele só. Devem ser paciente e não querer aproximar-se todos ao mesmo tempo.

Ensina-lhes como tocar-lhe e a brincar com ele sem o magoar. Explica-lhes o desenvolvimento do gato e as suas necessidades. Esta pode ser uma experiencia muito enriquecedora também para eles.

Preparativos para a adoção de um gatoO gato e os outros animais

Se adotares um gato adulto é bom informares-te se esse gato já conviveu com outros animais, Por exemplo, se um gato conviveu com outros cães, a fugir deles, é difícil adaptar-se ao vosso.

É importante fazer as apresentações com os outros animais da casa rapidamente, praticamente a primeira coisa após a chegada, já que os outros animais também são parte do ambiente em que vai viver, pelo que deve conhecê-los para também se adaptar a eles.

Se o gato não mostrar muito interesse pelos roedores ou pássaros que possa haver em casa, não te esforces para os apresentar. O gato terá sempre um instinto de caçador, pelo que é aconselhável que os guardes longe do alcance do gato ou em divisões diferentes.

Se tiveres outros gatos em casa, a apresentação deve ser suave e sempre controlada por nós. Tenta que seja num lugar neutro (por exemplo, longe de onde o gato já bibe em casa, como ou dorme. Não esforces mas também não abandones os gatos velhos pelos novos, visto que isto pode provocar inveja contra o novo.

O gato e os cães

A relação dos gatos com os cães parece difícil, mas há muitas possibilidades de que ambos possam conviver se seguirem uma serie de passos:

Na altura de apresentar os dois animais, tenta que o cão tenha dado um grande passeio antes e que tenha comido bem.

Antes de tudo temos que ter alguma calma. Uma pessoa segura o cão pela coleira e a outra segura o gato pelas suas pernas traseiras. Se o cão estiver calmo, recompensa-o deixando-o cheirar o gato. Se o gato se assustar, tenta novamente no dia seguinte. Repete esta operação as vezes necessárias até que ambos se habituem.

Se o gato não se assustar e o cão não se alterar, podes soltar o gato, sempre segurando o cão para uma maior segurança. Nunca deixes ambos sozinhos nas primeiras semanas.

Categorias: Adoção,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Comentários
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos gatos.
Segue-nos no
GatosMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no GatosMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.